Forex - ¿O que é um pip?


O termo Pip é uma sigla do inglês “point in percentage” ou ponto percentual. É uma medida do menor movimento da taxa de câmbio num par de moedas no Forex. Um pip é uma unidade standard que representa a variação mínima que se pode produzir na cotação de uma divisa.


Para a maioria dos pares, um pip é o equivalente a uma variação de 0,01% ou 1/100 de 1%. A este valor chama-se em linguagem financeira ponto de base. Um ponto base, portanto, é igual a 1/100 de 1% ou, o que é o mesmo, 0,01%. Essa percentagem, em termos absolutos, corresponde a 0,0001.

Esse valor standard ajuda a proteger os investidores das perdas maiores que provocariam uma unidade de variação maior. Por exemplo, se o ponto mínimo de variação fosse igual a 10 pontos base, uma mudança de um ponto provocaria maior volatilidade nas taxas de câmbio das divisas e, portanto, um risco maior.

Esta é uma das razões que contribuíram para o facto de que a negociação FOREX se tornou popular nos últimos anos.

Portanto, em termos gerais, um pip corresponde a US $0,0001 para os pares de divisas que fazem par com o dólar norte-americano:

Se, por exemplo, a taxa de câmbio do par EUR/USD aumenta o seu valor de 1,1850 para 1,1851, o movimento de US $0,0001 será um pip. Neste caso, poderemos dizer que o par cresceu um pip.

A taxa de câmbio da maioria dos pares de divisas tem 4 decimais. No entanto, existem algumas excepções, como os pares baseados no iene japonês, cuja variação é medida com apenas 2 decimais.

Por exemplo, a taxa de câmbio EUR/JPY oferece uma cotação com dois decimais. Nesse caso, se o par cresce de um valor de 110,75 a 110,76, esse movimento de 0,01 será uma variação de um pip.

Também é possível encontrar cotações de pares de divisas com um decimal a mais. Nesses casos, a cotação dos pares com 4 decimais passaria a 5, e a cotação dos pares com 2 decimais teria 3.

Este último decimal mede a variação da cotação em fracções de pips, denominadas “pipettes” em inglês.

No exemplo anterior, se a taxa de câmbio EUR/USD passar de 1,18505 para 1,18506, esse movimento de US $0,00001 é um “pipette”.

A forma de mostrar a variação do preço de um par de divisas depende, em última instância, da trading platform (Descarregar MT4) e das divisas que compõem o par, portanto existem sistemas que mostram 4 ou 2 decimais (pips) e outros que mostram 5 ou 3 decimais (pipettes).


  1. Calcular o valor do pip e o tamanho da posição No Forex, há infinitos pares de divisas. Como cada par de divisas tem sua própria taxa de câmbio, o cálculo do valor monetário de um pip deve ser determinado especificamente para cada par de divisas. Veja dois exemplos desse cálculo para diferentes pares de divisas. Nos exemplos, utiliza-se a cotação standard com 4 e 2 decimais:Exemplo 1: EUR/USD = 1,1850– A expressão deste tipo de câmbio significa que com 1 euro recebo 1,1850 USD.– O valor monetário do pip determina-se em termos da divisa base, que neste caso é o EUR.– Para obter este valor, utilizamos a seguinte fórmula:(0,0001 USD) x (1 EUR / 1,1850 USD) = 0,00008439 EUR por unidade negociada.Continuando com o exemplo, se o volume negociado for 10.000 unidades do par EUR/USD, então a variação de um pip no EUR/USD significaria, aproximadamente, uma variação de 0.84 EUR no valor da posição (10.000 unidades x 0,00008439 EUR / unidade). Se a posição for de compra e o movimento de um pip estiver ativo, a posição aumentaria o seu valor na quantia determinada.Se, pelo contrário, a posição for de compra e o movimento de um pip for negativo, a posição aberta diminuiria o seu valor na quantia determinada.Como se pode comprovar, quando a taxa de câmbio do par muda, o valor monetário de cada movimento de um pip também muda.Exemplo 2: USD/JPY = 110,75–  Neste exemplo, utilizamos um par de divisas em que uma das divisas é o iene japonês e a moeda base é o dólar norte-americano.–  Ao contrário do que no exemplo anterior, a variação de 1 pip na taxa de câmbio mede-se com o segundo decimal. Por isso, o movimento de 1 pip equivale a 0,01 JPY.– Para obter o valor monetário de 1 pip, utilizamos a mesma fórmula do primeiro exemplo, adaptado a este par de divisas:(0,01 JPY) x (1 USD / 110,75 JPY) = 0,0000903 USD por unidade negociada.Nesse caso, se o volume negociado for 10.000 unidades do par USD/JPY, a variação de 1 pip na cotação USD/JPY significaria, aproximadamente, uma variação de 0,90 USD no valor da posição (10.000 unidades x USD 0,0000903/unidade). Se a posição for de venda e o movimento de 1 pip estiver activo, a posição diminuiria seu valor na quantia determinada.Se, pelo contrário, a posição for de venda e o movimento de 1 pip for negativo, a posição aberta aumentaria o seu valor na quantia determinada.À semelhança do primeiro exemplo, quando a taxa de câmbio do par muda, o valor monetário de cada movimento de 1 pip também muda.Como se pode ver nos exemplos anteriores, o efeito monetário da variação de 1 pip numa conta FOREX depende do tamanho das posições que estão abertas. Quanto maior o tamanho dessas posições, maior o impacto económico da variação de 1 pip no valor económico da posição.Antes, no FOREX o tamanho das posições expressava-se em unidades chamadas lotes. O tamanho standard de um lote é de 100.000 unidades de uma divisa.Hoje em dia é possível, no entanto, abrir posições com tamanho muito menor: 10.000, 1.000 ou até 100 unidades.Como se explicou, a variação de 1 pip no preço da taxa de câmbio de um par de divisas afecta o quarto ou segundo decimal; por isso, supõe uma variação muito pequena no valor da moeda.Assim, para que essa variação tenha um impacto económico significativo no valor total de uma posição, as ordens de negociação FOREX terão que ter um certo tamanho.Agora que sabemos isto, a seguir comprovamos como são afectados os exemplos anteriores, com a emissão de pedidos de um tamanho de lote standard (100.000 unidades), em vez das 10.000 unidades das que falamos antes.Exemplo 1: EUR/USD com uma taxa de câmbio de 1,1850:(0,0001 / 1,1850) x 100.000 = 8,4 EUR por cada pip.Exemplo 2: USD/JPY com uma taxa de câmbio de 110,75:(0,01 / 110,75) x 100.000 = 9,4 USD para cada pip.

  2. Abra uma Conta RealAbra uma Conta Demo

Pips e o cálculo de benefícios e perdas

Depois da explicação de como calcular o valor de 1 pip, veremos como se calcula o resultado de uma operação FOREX a partir do valor económico de um pip.


Para isso, utilizamos o par de moedas do primeiro exemplo.

Nesse caso, analisamos o resultado económico de uma ordem de compra do par EUR/USD com um tamanho de 1 lote. Ao emitir uma ordem de compra nesse par, estamos comprando euros e vendendo dólares. Portanto, um operador emitirá este pedido quando achar que o euro se vai revalorizar em relação à divisa norte-americana.

As fases da operação são as seguintes:

No momento da emissão do pedido, o par EUR/USD está a ser negociado a 1,1850/1,1855. Como o pedido é para compra, o preço que se aplica é 1,1855.Umas horas mais tarde, o preço do par sobe e negocia-se a 1,1870/1,1875.Nesse momento, o pedido está fechado. Como estamos fechando uma ordem de compra, é preciso vender para fechar a posição, então o preço que aplicamos é o preço da oferta, que neste caso é 1,1870.A diferença entre o preço de venda e o preço de compra é, portanto, 1,1870 – 1,1855 = 0,0015 ou 15 pips. Usando a fórmula explicada no ponto anterior, o resultado económico da operação calcula-se da seguinte forma: (0,0001 / 1,1870) x 100.000 = 8,42 EUR por cada pip.

Como a variação desde a abertura até o fecho da ordem de compra foi de 15 pips, o resultado económico da ordem é igual a:

8,42 EUR / pip x 15 pips = 126 EUR.

Este é o resultado bruto da operação. Para obter o resultado líquido, é necessário subtrair o spread que representa a remuneração dos serviços do broker.

Pips das principais divisas

Os valores dos pips variam para cada divisa, pois dependem da taxa de câmbio dos pares de divisas em cada momento. As principais moedas operadas pelos FOREX são o dólar americano (USD), o euro (EUR), a libra esterlina (GBP), o iene japonês e o dólar canadense (CAD). Essas divisas principais podem combinar-se entre si ou com outras divisas que têm um volume de negociação menor no FOREX. Estas últimas divisas chamam-se exóticas.

Como já se explicou, a variação em pips das taxas de câmbio é a variável que determinará se uma operação FOREX tem um resultado positivo ou negativo, e também a quantificação do lucro ou as perdas da operação.

Quanto maior for essa variação, mais volátil será o par de moedas e, portanto, mais fácil será obter lucro quando for operado. Embora o risco de perdas também será maior.

Por esta razão, é muito importante tomar atenção às faixas médias diárias de FOREX no momento da negociação (cotação bitcoin, por exemplo), para medir a volatilidade do mercado de divisas e assim estabelecer uma estratégia de negociação com alguns objectivos definidos. Se um par não satisfizer as faixas estimadas, será muito difícil cumprir os objectivos da estratégia, por isso será necessário repensar esses objectivos ou alterar o par no qual está operando.


Para operar em FOREX com um par de divisas, além da faixa média diária, é necessário estudar as horas nas que que se produzem a maior volatilidade do par. Essas são as horas em que podemos obter retornos mais altos na negociação desse par. No entanto, são também as que mais risco têm para operar, pelo que os operadores com pouca experiência podem preferir outras horas do dia, quando os pips são menores. Dessa forma, assumirão um risco menor nas operações.






9 visualizações

Nunca perca uma Novidade.... Subescreva o nosso email ->>

Forex,_Forex_Trader,_Forex_2020,_Forex_B

CONTATOS

 geral@tradersdivisionclub.com

 suporte@tradersdivisionclub.com

 Whatsapp:  +351 963 573 773

                  

TERMOS E CONDIÇÕES

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

RISK DISCLAMER

Os Contractos por diferença, ("CFDs") são produtos financeiros complexos que são negociados no valor margem. Trading de CFDs carrega um alto nível de risco, pois a alavancagem pode funcionar tanto para o sua vantagem como desvantagem. Como resultado, os CFDs podem não ser adequados para todos os investidores porque você pode perder todo o seu capital investido. Você não deve arriscar mais do que você está preparados para perder. Antes de decidir trocar, você precisa de garantir que você compreenda os riscos envolvidos, tomando em conta seus objetivos de investimento e nível de experiência. O desempenho passado de CFDs não é indicador de resultados futuros. A maioria dos CFDs não possui uma maturidade definida. Portanto, uma posição CFD vence na data que você escolher fechar uma posição aberta existente. Procure conselho independente, se necessário.

© 2016 / 2020 Traders Division Club